sábado, 5 de janeiro de 2013

O encantador Woody Allen!


Hoje, volto a escrever em meu querido Coisa Phina! E para começar um novo ano e uma nova fase de meu blog, quero comentar o filme que assisti hoje no cinema: “Paris-Manhattan”, de Sophie Lellouche, que conta a história da farmacêutica Alice, que é fã incondicional do diretor Woody Allen! Só isso já seria o suficiente para eu gostar do filme, também adoro esse diretor. Mas realmente é uma história encantadora, divertida e romântica, sem ser piegas! Belo trabalho de Alice Taglioni e Patrick Bruel, que interpretam com simplicidade e charme os protagonistas Alice e Victor. Destaque para a participação especial do próprio Woody Allen, uma delícia! Vale a pena tanto pra quem ama Woody, como eu, como para os espectadores que gostam de sonhar e se emocionar com uma bela história de amor. Eu recomendo! Como diz o cartaz, "A vida não é como um filme... É melhor!" Então, vamos à luta! Ação em 2013! Beijos!

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

O cinema salva! - Parte 2

Seguindo com a retrospectiva do que assisti e conferi nesses meses de reflexão... Hoje, quero lembrar de duas exposições que para quem, como eu, adora cinema, foram uma delícia! Ambas terminam no próximo domingo, portanto, ainda dá tempo de aproveitar! A primeira é "Tuttto Fellini", no Sesc Pinheiros. O visitante tem a oportunidade de assistir a filmes, entrevistas com o diretor, fotos de bastidores dos sets de filmagem e muito mais. É um mergulho no mundo de Federico Fellini (na foto com seu ator preferido, Marcello Mastroianni)!

A segunda exposição é "George Mèliés, o mágico do cinema", no Museu da Imagem e do Som, que é realmente encantadora! Adorei poder assistir ao clássico "Viagem à Lua" (foto). É muito interessante ver figurinos, desenhos e os filmes que restam desse gênio e pai da ficção científica!

Já na semana passada, fui ao cinema assistir ao filme "Um Divã para Dois", direção de David Frankel, com Meryl Streep, Tommy Lee Jones e Steve Carrell... É muito divertido! Kay (Meryl) e Arnold (Tommy) estão casados há 30 anos e parecem não ter mais interesse um no outro, por isso, ela recorre ao dr. Feld (Steve), um famoso terapeuta de casais para tentar voltar a "ter um casamento de verdade"! As sessões são ótimas com a má vontade de Arnold em abrir sua intimidade e a timidez de mulher reprimida de Kay. Os três atores estão ótimos! Cinema de qualidade... Eu recomendo! Beijos!

terça-feira, 11 de setembro de 2012

O cinema salva!

Hoje, pretendo retomar meu querido blog, por isso, resolvi fazer uma espécie de retrospectiva desses dias em que me afastei do Coisa Phina por total falta de condições de escrever... e de pensar... Dias esses em que o cinema me salvou, me deu esperança, força e inspiração pra seguir em frente! Vou começar comentando o filme do "doce vampiro" Johnny Depp: "Sombras da Noite", direção de meu querido Tim Burton. Adorei! Tudo bem que sou fã dos dois, mas o filme é bom, me diverti quando Barnabas Collins (Depp) tem uma cena pra lá de quente, exagerada e divertida com a bruxa Angelique (Eva Green)... Um toque nonsense bem ao estilo de Burton! Sem contar a participação do grande roqueiro Alice Cooper cantando o clássico "No More Mr. Nice Guy", que eu adoro desde sempre! Demais! Falem o que quiser, mas eu adoro a parceira Burton/Depp!


"Para Roma com Amor", de meu adorado Woody Allen! Pode não o melhor do diretor, mas tem sacadas muito divertidas como a sequencia em que o personagem de Woody conhece a família do noivo de sua filha e fica encantado com a voz do pai do rapaz, quando ouve o homem cantar no chuveiro. Eu adoro o humor irônico e neurótico de Allen... Além de que o cenário é lindo... Dá vontade de passear e se perder nas ruelas de Roma!


No CineSesc, a Mostra Sesc de Artes 2012 foi uma maravilhosa oportunidade de conferir o clássico "Bonequinha de Luxo", com a estrela Audrey Hepburn, que eu adoro e já assisti inúmeras vezes em DVD, mas que na sala de cinema, é outra coisaaaaaa! Maravilhoso! E a canção "Moon River" é irretocável! Nesse dia sai do cinema encantada!


Ainda dentro da mostra do Cine Sesc, tive o prazer de finalmente assistir ao genial "A Invenção de Hugo Cabret", de Martin Scorsese! O que é aquilo! Adorei! Assisti em 3D, que lindo, a gente mergulha naquele mundo de fantasia e magia, é muito bom! A fotografia é lindíssima e a sensibilidade de Scorsese criou uma verdadeira obra de arte!


Outro filme que conferi é "Aqui é o meu Lugar", do italiano Paolo Sorrentino, que traz Sean Penn interpretando o roqueiro dos anos 1980, Cheyenne, cuja aparência lembra Robert Smith (do maravilhoso The Cure). Cheyenne parece perdido no tempo e no espaço... Ele vive como na música do Talking Heads, que dá título ao filme.. "pé no chão e cabeça nas nuvens"! E por falar nisso, a trilha sonora é uma delícia! Inclusive um dos momentos marcantes desse filme pra mim é a participação de David Byrne cantando a música tema "This Must be the Place", maravilhoso... por isso resolvi postar... Direção, fotografia, cenário, produção e o carisma do David arrasaram! Beijos!

sábado, 1 de setembro de 2012

"Like a rolling stone!"

A partir de hoje quero voltar a postar diariamente como no início do meu querido Coisa Phina! Por isso, quero comentar vários filmes que vi nesses meses em que estou recomeçando... Em primeiro lugar, confesso que ainda estou um pouco insegura, mas acredito que agora um pouco mais forte... Mas como criei este blog para comentar coisas das quais adoro e emocionar e divertir quem passa por aqui, vou começar logo lançando meu olhar apaixonado sobre o DVD (que ganhei do Gui, um amigo demaaaaaaaaais!) "No Direction Home - Bob Dylan", do maravilhoso diretor Martin Scorsese! Eu não conhecia muito sobre a trajetória do Dylan, mas sempre gostei de suas músicas! Agora, depois que assisti a esse DVD fiquei apaixonada por ele e suas canções e sei que a direção sensível de Scorsese ajudou muito nisso... O filme é maravilhoso... Adorei conhecer melhor o Bob jovem, sua personalidade forte e seu jeito completamente na dele, mesmo quando todos queriam que ele se portasse como um ídolo! Adorei! Ah! E mesmo amando os Rolling Stones, não posso deixar de registrar que a versão original do clássico "Like a Rolling Stone" de Dylan é a melhor... irretocável! O som da gaita então... uau! Além de ser uma bela canção, me identifiquei com os seguintes versos: "When you ain't got nothing, you've got nothing to lose/ You're invisible now, you've got no secrets to conceal/ How does it feel?/ Aw, how does it feel?/ To be on your own?/ With no direction home?/ Like a complete unknown?/ Like a rolling stone". Recomendo não só o DVD, mas toda a obra de Dylan! Incrível! Beijos!

domingo, 26 de agosto de 2012

Ação!

Hoje, estou me sentindo mais preparada para voltar a escrever em meu querido blog. Nos próximos dias espero comentar sobre alguns filmes e exposições que eu vi ultimamente. E como hoje é meu aniversário, para comemorar fui ao cinema (oba!) com minha amiga Cris, assistimos ao filme "O Vingador do Futuro", com Colin Farrell! Adorei, estava precisando de um pouco de ação, pra mim foi um ótimo entretenimento e... que vingador era aquele...  Nunca tinha me atentado ao Colin... Uau! Beijos!


sexta-feira, 20 de julho de 2012

Eterna melhor amiga!

Hoje é Dia do Amigo! Que angústia... é a primeira vez que passo a data sem a presença física de minha melhor amiga... minha mãe... minha mais importante coisa phina! E a primeira vez é sempre difícil... como o primeiro dia na escola, o primeiro amor... nem sempre correspondido, o primeiro filme em uma sala de cinema, o primeiro emprego e mesmo os primeiros e longos dias de dor e saudade, como os que vivo atualmente.
Mas como ela dizia, todo mundo nasce para ser feliz... pelo menos é isso que a maioria das mães deseja para seus filhos e filhas! E é isso que minha mãe sempre desejou para mim, por isso, vou em busca de minha felicidade! Estou começando a trilhar esse novo (e levemente doloroso) caminho... sozinha... mas cheia de lembranças e espero na companhia de amigos (e até de irmãos), me dando força! Como uma homenagem à minha querida mãe, escolhi a doce canção "I'll be There", na voz do saudoso Michael Jackson! Descanse em paz, mãe, minha eterna melhor amiga! Beijos!

terça-feira, 10 de julho de 2012

Para Sempre!

Depois de vários dias de ausência aqui em meu querido blog, hoje, quero pedir licença para postar uma homenagem à minha mais importante coisa phina, minha mãe, que faleceu na semana passada! A dor e o vazio ainda dão o tom de meus dias, mas espero que aos poucos eu consiga ficar mais forte e pensar que ela está bem e que precisa que eu seja feliz e que siga em frente. Em breve voltarei a usar meu olhar apaixonado sobre cinema e música... sempre com minha mãe no pensamento. E como eu já disse aqui mesmo alguns anos atrás, tudo que eu fizer de melhor será sempre em homenagem à minha querida mãe. Na missa de sétimo dia, um de meus irmãos leu um poema do grande Carlos Drummond de Andrade, intitulado "Para Sempre"... me emocionei muito ao ouvi-lo e também agora ao transcrevê-lo, espero que quem passar por aqui aproveite a delicadeza das palavras de Drummond. Beijos!

"Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho".